Arquitetura, Decoração e Lifestyle

Aproveitando a luz natural

Aproveitando a luz natural

Fonte fotos: 1/2

0 corpo humano precisa de exposição à luz solar para ativar funções importantes do organismo. A iluminação é uma questão muito abordada para quem quer fazer uma construção sustentável. Existem diversas técnicas que podem ajudar a você que quer economizar energia e aproveitar bem esse recurso natural que ajuda você até a tirar fotos internas mais bonitas.

Antes de construir uma casa o certo é fazer uma análise solar para que os ambientes possam obter o nível de iluminação que você deseja, isso com certeza será assunto para um post mais detalhado. Para agora, quero falar do momento que você compra uma casa já pronta e se vê tendo que fazer mudanças para adeque-las a sua vontade, deseja reformar ou fazer um projeto que obtenha esse resultado.

Primeiros cuidados e opções

Primeiramente: Avalie as condições de calor, percurso do Sol e ventilação nos ambientes, a partir dai …

  • Apare arbustos e arvores que bloqueiam a entrada do sol.
  • Adicione espelhos ao ambiente, eles ajudam a aprimorar a iluminação. Colocados de forma estratégica eles podem refletir mais luz.
  • Na hora de pintar use cores mais neutras e brilhantes pois refletem mais a luz do sol.
  • Posicione os móveis de forma correta, calcule a incidência solar e faça um bom planejamento para que não se perca luz
  • Limpe suas janelas
  • Em dias mais claros, opte por deixar as cortinas e as persianas bem abertas.

Não esqueça: Privacidade é importante, tome cuidado com vizinhos e projetos em apartamentos.

Fonte fotos: 1/2/3

Soluções construtivas

Veja se há a necessidade de obter uma aprovação para sua construção ou reforma.

Iluminação que passa de um ambiente para outro

Ambientes que são abertos um para o outro a luz de cada um deles é compartilhada com o outro, deixando todos mais iluminados. Isso pode ser feito com materiais, técnicas de aberturas com e paredes que não chegam até o teto ou possuem vãos abertos como se fossem janelas.

Persianas

Ajudam a controlar o índice de claridade que entra no ambiente

Cobertura zenital

Tipo de iluminação natural que vem de cima. Isso inclui claraboias e poços de luz. Essa coberturas transparentes podem ser atingidas com telhas e materiais de policarbonato e são recomendadas para áreas de deck, piscinas térmicas e jardins de inverno. A resistência destes materiais costuma ser menor que a do vidro.

  • Claraboias: existem claraboias de vários formatos e acabamentos que se parecem exatamente com luzes indiretas. São apenas instaladas exatamente em cima do cômodo que irão iluminar
  • Luz tubular: As luzes tubulares são tubos metálicos que transportam a luz natural para qualquer cômodo da casa, até mesmo subsolos.

Muxarabi

Esse tipo de treliça feita de madeira é encaixada no meio da parede, ele fecha parcialmente os ambientes de maneira que quem está dentro possa ter visão total do lado externo

Ambientes abertos

Quanto mais o ambiente poder ser aberto, melhor iluminação terá.

Pele de vidro

Mais conhecidas como ‘fachadas envidraçadas’, permitem uma grande entrada de luz. Escolha o tipo certo de vidro.

Brises e pergolados

Fica na parte externa, os brises e pergolados. Há modelos em alumínio, ferro, concreto e madeira. Ele intercala entre a entrada de claridade e o bloqueio do sol.

Tijolo de vidro

O material não chega a ser translúcido e oferece opções coloridas e jateadas.

Janelas de mansarda

Ficam no sótão de forma inclinada, ilumina o espaço do telhado.

Domo de vidro

Abóbodas de vidro e acrílico são viáveis.

Cobogó

São revestimentos vazados que proporcionam efeitos luz através dos cheios e vazios do material.

Curtiu ? Comenta e compartilha. Bjo!!

2


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *