Arquitetura, Decoração e Lifestyle

A cada dia que passa peço: tolerância

A cada dia que passa peço: tolerância

A cada dia que passa além de tolerância peço paciência, não só para mim, mas para todos. É muito importante nos sermos nossa prioridade, assim como se doar também.

O individualismo seria o mal do século ?

Talvez, tenho a impressão que ele prega a desunião e falta de empatia. Estamos compartilhando mais problemas que felicidades e externalizando mais reclamações que elogios. Vivemos disputando para ver quem tem mais problema e preferindo ouvir que está tudo bem. Obviamente todos vivemos situações diferentes e em mundos diferentes, mas não se permita virar uma pessoa egoísta porque o mundo não tem sido justo com você. Na verdade, a gente não sabe porque as coisas acontecem mas por trás de tudo, no fundo, sabemos que devemos aprender e tentar ser melhor.

Nos tornamos diversas vezes mesquinhos sem ao menos notar. Saber se dividir é difícil mas não impossível. A maioria das coisas depende de você. Quem tem certa consciência vive tentando ser gentil, mas não ser demais. Amar, mas não amar demais. Nós criamos nossas próprias barreiras, nossos muros em torno das emoções. Não é que precisamos nos deixar sem defesa, devemos deixar apenas grades que podem ser abertas e fechadas. Mas nem sempre conte com a reciprocidade. É difícil não esperar gratidão, mas receber ou não faz parte. Nem todo mundo está na mesma “vibe” que você. As pessoas esquecem de se melhorar ou não fazem questão.

O importante no fim é: faça a sua parte. Ser alguém melhor depende de você, quem constrói esse alicerce, paredes e estrutura é você mesmo. Ser bruto com o mundo não vai te fazer sentir melhor, vai te levar pro isolamento. Não, não quero só tolerância. Quero mais amor pelo mundo e universo.

Escrito por: Andressa Lima 

Fonte fotos: 1/2

2


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *