Arquitetura, Decoração e Lifestyle

Minimalismo e Arquitetura

Minimalismo e Arquitetura

Fonte Fotos: 1 /2/

O minimalismo é tendência em arquitetura, design, decoração e estilo de vida.

Nesse post iremos focar no minimalismo e a arquitetura.

Segundo dicionário o minimalismo é:

  1. princípio de reduzir ao mínimo o emprego de elementos ou recursos.
  2. escola de pintura abstrata que vê num quadro um objeto estruturado, composto basicamente de formas geométricas elementares executadas em estilo impessoal, reduzindo ao mínimo seus elementos.

Minimalismo = reduzir ao mínimo

Fonte Fotos: 1 /2/3 

É algo que pode ajudar o mundo, você pode se voltar ao necessário. Se livrar dos excessos e encontrar a liberdade. A ideia de seguir um lifestyle mais simples e sem pressão tranquiliza.

História 

Ele surgiu de uma série de movimentos artísticos e culturais no início do século XX, e os designers começaram a usufruir dele por volta de 1980. A principal influência veio da cultura japonesa.

Para seguir o estilo deve-se tirar o desnecessário.

  • As edificações passam a ser projetados com linhas retas e formas geométricas simples.
  • Ambientes decorados com poucos objetos e móveis, cores neutras e os produtos com o layout mais clean e funcional possível.

Fonte Fotos: 1 /2/3

 O menos é mais.

É quais são as principais características ?

  • Na arquitetura, as construções são projetadas a partir de linhas retas e formas geométricas. Não é preciso nada rebuscado nos edifícios minimalistas.
  • Na decoração, é desejável o uso de poucos objetos, cores neutras e móveis funcionais.
  • Busque inspirações no design industrial e procure “vestir” sua casa com elementos naturais. Invista no couro (please sintético), madeira, tijolos à vista, ferro, cimento queimado, entre outros elementos simples.

Fonte Fotos: 1 /2/3

Dicas para seguir a onda:

  • Ambientes com claridade agradável, bem arejados e sem poluição visual. Então nada de muitos armários. Escolha lâmpadas LED.
  • Móveis em madeira, couro ou ferro, e com design simples.
  • Cômodos organizados.
  • Cores de paredes: brancas, outros tons claros. Lembrando que isso facilita para obter uma boa iluminação, dá sensação de espaço amplo e arejado.
  •  Revestimentos: em madeira, porcelanato ou cimento queimado.
  • Invista em detalhes o ambiente. Pode ser com cores pontuais vivas ou tons escuros.

1


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *